domingo, 1 de janeiro de 2012

Quem Pode Responder Minhas Perguntas?



Senhor, para quem iremos nós? Tu tens as palavras da vida eterna, e nós temos crido e conhecido que tu és o Cristo, o Filho de Deus
(João 6:68-69).


QUEM PODE RESPONDER MINHAS PERGUNTAS?

Por que nasci? De onde venho? Para onde vou? Que faço aqui? Por que existem o mal, o sofrimento e a morte?
Que respostas darei a estas e a muitas outras perguntas? Não consigo esquecê-las e apenas viver como vive um animal. Procuro, mas não encontro. A filosofia e a religião tentam me ajudar, porém cada uma de suas respostas me faz tropeçar em uma nova pergunta. Nasci por acaso, vivo por necessidade, e inevitavelmente logo desaparecerei. Poderia não ter nascido. Poderia não estar vivendo. Mas não posso deixar de morrer. Estou aqui e não entendo nada. É desesperador!
A não ser que… me anime a ler um livro que reivindica, há muitos séculos, demonstrar a existência de um Criador, e me convença de que Ele tenha algo a me falar. Isso seria interessante. Segundo ouvi dizer, tal livro dá respostas satisfatórias a todos os que se atrevem a abri-lo. Então, por que não ler esse livro?
Decidi começar a ler a Bíblia. E ainda a leio. Cada dia descubro nela alguma coisa a mais sobre o meu Criador e Deus. Um Deus grande, justo, santo e transbordante de amor, que me conhece e me revela o que realmente é a vida. Sim, a verdadeira vida consiste em conhecê-Lo, o “único Deus verdadeiro e a Jesus Cristo”, a quem Ele enviou “para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna” (João 17:3 e 3:16).