sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

Hacker saudita faz ‘terrorismo virtual’ com os israelenses


Um hacker da Arábia Saudita invadiu os servidores de uma empresa responsável pela administração de cartões de crédito de Israel e anunciou que divulgaria dados de 400.000 usuários. Israel David, presidente do grupo Israel Credit, confirmou o ataque mas negou o número de afetados, a emrpresa afirmou que cerca de 14.000 clientes foram afetados.
Os dados dos cartões foram divulgados em um portal israelense que trata de notícias esportivas. ”Olá, sou 0xOmar do grupo-xp, o maior grupo de hackers wahabitas (corrente que interpreta o islã de maneira rigorosa) da Arábia Saudita”, escreveu o hacker. O comunicado apresentava links para os sites que continham os dados dos cartões israelenses.
O hacker afirmou que o alvo foram cartões usados para comprar em sites do “judaísmo” e que fizeram doações a “rabino sionistas israelenses”.
Todos  os cartões já foram bloqueados.